Foliões curtem o Carnaval em Salvador

Foliões curtem o Carnaval em Salvador

Cerca de 550 mil turistas devem se unir à população de Salvador para curtir as 833 horas de folia que vão agitar este Carnaval, de acordo com a Secretaria de Turismo da cidade. Se você é um dos sortudos que fazem parte desta estatística, prepare-se bem para guardar apenas boas lembranças da semana de axé. O Direto do Trio conversou com alguns foliões veteranos e te dá aquela forcinha com dicas indispensáveis:

Mala certeira

Escolha roupas de tecido leve, como o algodão, para curtir os blocos. Peças muito apertadas ou com tecidos pesados devem ser evitadas, pois atrapalham a transpiração. Sapatos novos, de salto ou sandálias de dedo também devem ficar de fora da mala: o mais garantido é apostar em um tênis confortável para agüentar as seis horas de percurso. “Use um par de tênis de corrida, porque ajuda muito a pular e não ficar com dores depois”, ensina o publicitário paulista Nilson Kalili, que já esteve quatro vezes no Carnaval de Salvador.

Proteção total

O protetor solar é indispensável para aproveitar a semana de Carnaval sem sobressaltos. Para aumentar ainda mais a barreira contra o forte sol da Bahia, não se esqueça de levar boné e óculos escuros.

De olho no abadá

O abadá, aquela espécie de uniforme dos blocos, funciona como ingresso para acompanhar o trio elétrico dentro das cordas de segurança e pode custar mais de R$ 500. Por conta disso, a peça é um dos alvos preferidos de falsificadores e dos ladrões. Para evitar problemas, só coloque o abadá ao chegar bem perto das cordas do bloco, onde já há seguranças. Outra dica é checar, no momento da compra, as regras para a customização da peça. Alguns abadás têm selos de autenticidade ou marcas de patrocinadores que não podem ser retirados ou invalidam a entrada do folião na festa.

Bolsos vazios

Objetos de valor servem apenas para preocupar quem os carrega. Deixe joias, carteiras, celulares e máquinas fotográficas no hotel. Leve para a folia apenas um documento com foto, uma folha com telefones úteis anotados e pouco dinheiro. “Ande com dinheiro trocado e distribua entre os bolsos para evitar perdas ou roubos”, conta a publicitária cearense Liliane Feitosa Barros, presença confirmada na capital baiana pelo quinto ano consecutivo.

Ponto de encontro

Antes de sair do hotel, combine com o grupo de amigos um ponto de encontro caso alguém se perca. Uma boa ideia é usar o trio elétrico principal como referência. “Sempre combino com minhas amigas atrás do trio, do lado direito, por ser mais vago do que o lado esquerdo”, diz Liliane.

Cuidado com os exageros

O calor e a animação até podem ser convidativos para bebidas alcoólicas, mas o consumo exacerbado pode atrapalhar o folião. O ideal é não cometer excessos e preferir produtos que hidratem o corpo, como a água, a água de coco e os isotônicos. “Bebidas isotônicas contém boas quantidades de água, carboidratos e minerais que auxiliam na reposição dos líquidos, energia e nutrientes”, conta a Adriana Passanha, nutricionista e pesquisadora da Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo (para saber mais sobre alimentação saudável, confira a matéria completa sobre o assunto).